quarta-feira, 12 de abril de 2017

Menor confessa autoria de crime que matou vigilante do IFRN de Apodi sem demostrar arrependimento


Após intenso trabalho de investigação, o delegado de Apodi, bacharel Renato da Silva Oliveira, conseguiu identificar os autores do homicídio do vigilante do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN/Apodi), Cabral Neto, assassinado com seis tiros, na manhã de terça-feira (11/04), na calçada da sua residência, quando o mesmo chegava do plantão no IFRN, por dois homens em uma moto.

A Policia Militar também atuou em conjunto com a Policia Civil para chegar aos suspeitos pelo homicídio.

A policia chegou aos suspeitos, através de informações repassadas pela população via Disque Denuncia da Policia Civil pelo Aplicativo WhatsApp Messenger (84) 99119-0123, criado momentos após o homicídio que comoveu a população apodiense. O primeiro a ser identificado foi um menor de idade que fora identificado como sendo o responsável pelos disparos.

Ainda ontem, os policiais levaram o menor ao Instituto Técnico-Científico de Perícia – ITEP/Mossoró, onde passou por exame de O exame de residuograma de chumbo, onde fora apontados resíduos de pólvora na mão do jovem.

Em depoimento na manha dessa quarta-feira (12), na companhia de sua mãe, na Delegacia de Policia de Apodi, o menor que tem 17 anos de idade, e uma tatuagem em um dos braços com a frase “Vida Bandida”, e suas redes sociais com apologia ao crime e facções criminosas, confessou de forma fria, e sem o mínimo arrependimento a autoria do homicídio para polícia.

De acordo com o delegado Renato Oliveira, o menor contou que juntamente com outro comparsa, foram assaltar o vigilante, mas a vitima teria reagido. “A nossa intenção era tomar a moto e a mochila, mas como ele reagiu, foi preciso derruba-lo, pois quando ele percebeu que era um assalto, tentou tomar o meu ferro”, disse o menor ao delegado.


Durante o interrogatório, o menor informou o nome do outro homem que participou do crime e passou todos os nomes dos membros de uma facção criminosa que vem praticando crimes de homicídio e assaltos na região de Apodi.

Polícia Civil de Parnamirim prende membros do Sindicato do RN, suspeitos de matar integrante do PCC em Apodi

Policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Parnamirim prenderam em flagrante, na tarde desta segunda-feira (10) na cidade, Antônio Arison de França, vulgo “Chalá”, 24 anos, natural de Apodi, Everton Marcelino da Silva, 20 anos, Marcelo Dantas Medeiros, 28 anos, e apreenderam um adolescente de 17 anos, suspeitos de assaltarem a residência de um agente penitenciário na última sexta-feira (07) em Parnamirim. No crime, eles teriam roubado objetos da casa da vítima, dentre esses uma pistola calibre 380, e utilizado um gol vermelho, que pertencia à Antônio Arison, para empreender fuga. Através de investigações, o grupo foi preso no bairro Liberdade, Zona Sul de Parnamirim, sendo apreendido com o mesmo duas armas de calibre 38, seis munições de fuzil de calibre 762, e uma porção de maconha.
A Polícia Civil de Apodi através do delegado Renato da Silva Oliveira, investiga o adolescente apreendido e Antônio Arison pelo cometimento de dois crimes, sendo um deles uma tentativa de homicídio ocorrida no dia 18 de março contra Marcos Matheus Moreira, que esta preso na carceram do Centro de Detenção Provisoria de Apodi,  além de um homicídio contra Caio Rodrigo da Costa, vulgo “Caio Pezão”, membro da facção criminosa “Primeiro Comando da Capital”, morto no dia 23 de março deste ano.
As investigações apontam que Antônio teria auxiliado o adolescente para empreender fuga após o homicídio de Caio Rodrigo, no mesmo gol vermelho utilizado para o suposto cometimento do assalto contra o agente penitenciário. Na delegacia, o grupo foi reconhecido por outras vítimas de roubo. O adolescente apreendido, o qual tinha em seu desfavor um mandado de busca e apreensão, e Antônio confessam os crimes ocorridos na cidade de Apodi, o qual teriam como motivação desafetos entre eles. O adolescente foi autuado pelos crimes análogos de porte ilegal de arma, associação criminosa e tráfico de drogas, e o trio pelos mesmos crimes, sendo este encaminhado ao sistema prisional, onde ficará a disposição da Justiça.

Foragida, condenada por sequestro de empresário mossoroense é presa pela Polícia Civil do RN

FOTO: AGORA RN

Policiais civis prenderam, nesta segunda-feira (11), em Parnamirim, a foragida da Justiça Bruna Pinho Landim. Ela é condenada pelo sequestro empresário mossoroense Porcino Fernandes Segundo, o Popó Porcino, ocorrido em 2012, mas estava foragida do Sistema Penitenciário potiguar.
Bruna foi localizada e capturada por policiais da 1ª Delegacia de Parnamirim, no bairro de Bela Vista. Ela tem condenação de 14 anos e seis meses de prisão em regime fechado por extorsão mediante sequestro e formação de quadrilha.
O empresário Popó Porcino foi sequestrado em um parque de vaquejada na cidade de Ceará-Mirim, na Grande Natal, no dia 17 de junho de 2012, sendo libertado pela polícia em 24 de julho. O sequestro foi o mais longo do Rio Grande do Norte.
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte estourou o cativeiro onde estava Popó Porcino no dia 24 de julho de 2012. O estouro do cativeiro e a descoberta de uma residência na cidade de Parnamirim – também na região metropolitana – onde parte da quadrilha estava acampada, aconteceu simultaneamente. "Iniciamos a investigação logo após a confirmação de que o empresário estava sequestrado. Tínhamos a informação de que o grupo estava dividido entre Pitangui e Parnamirim. Nos dividimos e simultaneamente estouramos os dois pontos", explicou o comandante geral da Polícia Militar do RN, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva.
A Justiça do Rio Grande do Norte condenou cinco dos nove acusados de envolvimento no sequestro do empresário. Três pessoas foram absolvidas e uma foi excluída do processo por estar foragida. Os acusados foram condenados pelos crimes de extorsão mediante sequestro, formação de quadrilha, roubo majorado e porte ilegal de arma de fogo. No total as penas somam 107 anos e nove meses de prisão, a serem cumpridos em regime fechado em todos os cinco casos.
A maior pena foi a de Paulo Victor Lopes Monteiro, condenado a 31 anos por extorsão mediante sequestro, formação de quadrilha, roubo majorado e porte ilegal de arma de fogo. O réu foi absolvido dos crimes de sequestro e cárcere privado contra Sandrielio Constantino Veríssimo da Silva, tratador de cavalos que também foi levado no sequestro de Popó Porcino, mas acabou liberado pelos acusados.
Paulo Victor é apontado como um dos líderes da quadrilha, que segundo a sentença, também era chefiada pelos acusados José Orlando Evangelista Silva e Orlandina Torres Carneiro, ambos condenados.
Os dois outros acusados apontados como líderes da quadrilha foram condenados por extorsão mediante sequestro e formação de quadrilha. Orlandina Torres Carneiro recebeu sentença de 19 anos e nove meses de prisão. Já José Orlando Evangelista Silva recebeu pena de 16 anos e seis meses pelos dois crimes.
Os demais condenados são Anderson de Sousa Nascimento, sentenciado a 26 anos de prisão por extorsão mediante sequestro, roubo majorado, formação de quadrilha e porte ilegal de arma, e Bruna de Pinho Landim, condenada a cumprir 14 anos e seis meses de prisão em regime fechado por extorsão mediante sequestro e formação de quadrilha. Assim como Paulo Victor, Anderson Nascimento foi absolvido do sequestro e cárcere privado do tratador de cavalos.


G1/RN

Disque-Denúncia pede informações sobre criminosos que mataram vigilante do IFRN em Apodi


A Delegacia de Policia Civil de Apodi lançou o serviço de Disque-Denúncia, através do aplicativo Whatsapp, (84) 99119-0123, com a finalidade de obter informações dos assassinos do vigilante do O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), Cabral Neto, que foi assassinado por dois homens na calçada da sua residência.

Por meio do Whatsapp o denunciante poderá enviar fotos, vídeos ou outros documentos digitalizados que possam auxiliar nas investigações sobre crimes de trafico, homicídio, assaltos e foragidos da justiça. O atendimento do Disque Denúncia continua também sendo realizado por meio do telefone (84) 3333-2737 ou também pelo 190 da Policia Militar. Whatsapp, (84) 99119-0123. A identidade do denunciante sera mantida em sigilo total.

Para o delegado de Apodi, bacharel Renato Oliveira, é muito importante o apoio da população para o trabalho da Policia Civil e Militar. “Toda e qualquer informação que possam contribuir para identificação e/ou captura os suspeitos devem ser passadas ao Disque-Denúncia”, comentou o delegado.

Considerado, município pacato, Apodi vem registrando uma onda de violência. Já foram registrados oito homicídios, três tentativas de homicídios e vários assaltos. O delegado atribui 90% dos crimes a guerra entre facções criminosas. Inclusive vários já foram presos em uma operação realizada pela Policia Civil e Militar de Apodi.


O Vale do Apodi

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Vereador do Rio Grande do Norte é preso com carreta roubada e arma de uso restrito no estado da Bahia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) da Bahia prendeu nesta quarta feira 14 de dezembro,um homem que não teve seu nome nem a cidade de origem divulgados, mas que a PRF afirma ser vereador de uma cidade do interior do Rio Grande do Norte.

O Vereador que tem mandato até o final de dezembro e que não disputou reeleição no pleito deste ano, foi preso durante uma fiscalização da PRF, no KM 677 da BR-116, em Jequié, município localizado na região centro-sul da Bahia.

A Polícia Rodoviária Federal, recebeu uma denuncia de que uma carreta iria passar em frente ao posto da PRF naquele m unicípio com um semirreboque semelhante a um que fora roubado em março deste ano, no estado de São Paulo e por isso montou um cerco e abordou o veículo.

Durante a abordagem, os policiais solicitaram os documentos de porte obrigatório e verificaram que havia divergências nos dados do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) do semirreboque.

Foi verificado também que o número do chassi do veículo estava suprimido, mas, em um compartimento de segurança do semirreboque, foi encontrado o CRLV original do veículo que havia sido roubado.

Segundo a PRF a placa que estava sendo utilizada era “clonada” de outro veículo de mesmas características e que o cavalo-trator também possuía indícios de adulteração nos elementos de identificação.

Os policiais revistaram a cabine da carreta e encontraram uma pistola de uso restrito da Polícia Federal e do Exército, da marca Taurus, modelo 24/7 G2, calibre 9 mm, carregada com 16 munições.

De acordo ainda com a PRF, o vereador que tem 28 anos de idade, já responde processo no Trno Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte e já foi preso por desacato, mas não há mandado de prisão em aberto contra ele.

O vereador foi encaminhado para a Delegacia de Polícia judiciária daquele município onde ficará a disposição da Justiça. Ele não terá direito a fiança.
* Com informações blog do Rodrigo Ferraz
Fotos: divulgação PRF/BA

Foragido da Justiça cearense é capturado na zona rural de Governador Dix Sept Rosado no Oeste Potiguar

Um foragido da justiça do estado do Ceará foi capturado na tarde desta quinta feira 15 de dezembro na zona rural de Governador Dix Sept Rosado no Oeste do Rio Grande do Norte.

Uma equipe da Polícia Civil de Russas-CE, sob o comando do Dr. Flávio Rolim foi até aquele município potiguar e com apoio da Polícia Militar da cidade, deu cumprimento ao mandado de prisão contra Valcy Vidal Bezerra, 37 anos natural de Limoeiro do norte, acusado de homicídio.

Segundo a Polícia Valcy matou a facadas a pessoa de Jair Carvalho Simão, crime ocorrido no 28 de agosto de 2016, na cidade de Quixeré-CE e estava foragido desde então.

De acordo com o delegado Flávio Rolim sua equipe chegou até o foragido através de denúncias anônimas.Foi feito deslocamento até a localidade Sítio São Bento, onde Valcy estava escondido.

Ao ver os policiais, houve um princípio de resistência e tentativa de fuga, porém a equipe conseguiu capturá-lo. Na residência também foi apreendida uma espingarda calibre 36. Valcy foi conduzido até a Delegacia de Russas e posteriormente será encaminhado ao presídio de Quixeré - CE

Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Integrada Rodovida Cidades 2016/2017

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta sexta-feira (16) a Operação Integrada Rodovida Cidades 2016/2017. A ação tem por objetivo prevenir acidentes e diminuir a violência no trânsito nas rodovias federais durante o período de fim de ano, férias escolares e Carnaval, quando o movimento nas estradas é intenso.

Ocorrendo simultaneamente em todo o Brasil entre dezembro e março, a Rodovida tem como prioridade a atuação em pontos críticos das rodovias federais.

Esses pontos foram elencados através de análises de dados estatísticos que apontam trechos com maior necessidade de reforço na fiscalização.

Principal ação de enfrentamento à violência no trânsito brasileiro, a operação reúne desde 2011 as três instâncias de governo em ações simultâneas com objetivo de reduzir o número de vítimas de acidentes e faz parte do Pacto Nacional pela Redução de Acidentes, criado em 2011 em resposta à decisão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que proclamou o período de 2011 a 2020 como a Década Mundial de Ação pela Segurança do Trânsito.

A PRF conta com apoio de órgãos vinculados aos Ministérios das Cidades, Saúde e Transportes. Nos estados, ações integradas com órgãos estaduais e municipais serão desencadeadas durante toda a operação.

Em Mossoró a Operação será lançada as 10h00min desta sexta feira no Posto da PRF localizado na BR 304 sentido Mossoró RN/Fortaleza CE e contará com presenças de autoridades ligadas ao trânsito na cidade.
Aliathar Gibson inspetor chefe da PRF em Mossoró

214º Homicídio em Mossoró 2016: Homem baleado no bairro Boa Vista não resiste e morre no HRTM


A cidade de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, registra nesta sexta feira 16 de dezembro de 2016, mais um assassinato provocado por disparos de arma de fogo.

Um homem identificado como Edeilson Fernandes da Silva de 42 anos de idade, natural de Mossoró, foi alvejado com três tiros, quando trafegava em sua bicicleta na Avenida Rio Branco, próximo a Coelho Neto no bairro Boa Vista.

Segundo os policiais da VTR 234 que cobre aquela área, a ocorrência foi registrada por volta das 04h10min e Edeilson foi abordado por dois suspeitos que estavam em uma moto de placa não anotada e que atiraram várias vezes em sua direção.

A vítima caiu em via pública e foi socorrida por uma ambulância de Suporte Avançado (Alfa) do Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia, mas diante da gravidade dos ferimentos, não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade hospitalar.

A Polícia ainda não tem informação sobre a motivação do crime, nem dos possíveis autores, uma vez que a vítima não teve condições de falar a tempo com os policiais em virtude da gravidade da situação.

De acordo com a Polícia, a vítima até o momento não tem registro de antecedentes criminais. O caso vai ser investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

Com mais este homicídio registrado nesta madrugada em Mossoró, a cidade chega aos 214 assassinatos neste ano de 2016. Mossoró estava a sete dias sem registros de homicídio.

OPERAÇÃO MEFISTO COMBATE EXPLORAÇÃO SEXUAL INFANTOJUVENIL NO RN


A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira, 16/12, nas cidades de Natal, Tiba do Sul, Caicó e Mossoró, a Operação Mefisto*, visando identificar suspeitos e levantar dados que confirmem as provas já existentes dos crimes de exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes através do assédio, armazenamento, produção e compartilhamento de material contendo cenas de pornografia infanto-juvenil.

52 policiais federais estão cumprindo 12 mandados judiciais de busca e apreensão nos endereços residenciais de 10 pessoas investigadas, sendo 7 delas, na capital.

As investigações foram iniciadas em agosto, por iniciativa da Polícia Federal, devido à constatação do crescimento exponencial de crimes relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes através da internet, inclusive, com a utilização de redes sociais.
Nesse trabalho investigativo, a PF conta com a colaboração da INTERPOL, cujo intercâmbio de informações foi fundamental para a identificação de um dos principais alvos da operação.

(*) O nome da operação vem de Mefistófeles, uma entidade satânica da Idade Média, conhecida como uma das encarnações do mal, aliado de Lúcifer na captura de almas inocentes, através da sedução e encanto.·.


Potiguar 01 é utilizado para capacitar policiais de outros estados e do Paraguai


A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), por meio do Centro Integrado de Operações Aéreas (CEIOPAER), ministrou uma disciplina do Curso de Sobrevivência em área de Caatinga (COSAC), organizado pela Polícia Militar da Paraíba.

A disciplina ‘Operações Helitransportadas’ ocorreu nesta terça-feira (13) no Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e no Hangar do Governo do Estado, localizado no antigo Aeroporto Internacional Augusto Severo. Os policiais – que eram da Paraíba, Bahia e do Paraguai – tiveram aulas sobre o histórico do Grupamento Aéreo, conhecimento técnico da aeronave e embarque e desembarque.

Para o capitão Romualdo Galvão, coordenador do CEIOPAER, o fato das forças da Segurança de outros Estados buscarem o Rio Grande do Norte para ministrarem esse tipo de curso mostra que o trabalho no RN é reconhecido. “Significa que aqui o nível de empenho e desempenho está muito alto, o valor humano tem sido um fator de destaque, por isso somos reconhecidos e lembrados”, relatou.

O CEIOPAER

O CEIOPAER racionaliza em um único órgão, adotando-se modelo idêntico ao do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP), que congrega e dinamiza os núcleos de atendimento das instituições subordinadas à Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social do Estado (Sesed) o controle, a operação e a manutenção das aeronaves pertencentes à Sesed, a serem empenhadas em atividades policiais, operações de busca e salvamento, resgate e missões de defesa civil e operações aeromédicas em cooperação com a SESAP/SAMU

Defur presta apoio à Polícia Civil de Alagoas e prende estelionatário


Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) apoiaram à Polícia Civil de Alagoas para efetivar a prisão de Davi Gouvea Monteiro Muniz, 33 anos, na manhã desta quinta-feira (15). Ele é suspeito de ter aplicado golpes em uma agência de turismo de Maceió, chegando a comprar cerca de 80 bilhetes, sendo um deles para o exterior, no valor aproximadamente de R$ 120 mil reais. Investigações apontam que Davi usava números de cartões de crédito de diversas pessoas, além de utilizar o nome falso de Gustavo Jardim Santos para aplicar golpes.

Ele foi preso enquanto saia de sua residência, um condomínio de luxo, em um automóvel Toyota Corolla, blindado. Por telefone, Davi dizia ser funcionário da Petrobrás e fornecia número de cartões de crédito para comprar passagens aéreas, alegando que seriam usadas em outras viagens de outros funcionários, para participação em congressos, e que mandaria a documentação para que o pagamento fosse efetuado, o que nunca acontecia.

A Polícia Civil de Alagoas investigava Davi desde 2014 e conseguiu localizar endereços comerciais e residenciais de Natal e Parnamirim, que tinham relação com o suspeito, tendo ele imóveis e lojas nas referidas cidades. Ele também teria utilizado no golpe cartões que pertenciam a cantora de forró, modelos e misses do mundo da moda. Existem indícios que ele também teria aplicado o golpe em outros estados como Goiás.

Davi foi preso mediante mandado de prisão preventiva e contra ele também foi executado um mandado de busca e apreensão, sendo apreendidos: um revólver calibre 38, uma pistola calibre 380, 330 cápsulas deflagradas, 214 munições, 22 munições de calibre 380, carregadores, notebooks, agenda com anotações sobre passagens aéreas, celulares, além de R$ 35.731,00 em espécie. O suspeito já foi preso por roubo, no Ceará, e é investigado por suposta participação de roubo a caixas eletrônicos. Ele foi recambiado para Maceió, onde ficará à disposição da Justiça.


quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Vídeos: Suspeitos de esquartejar aposentado, detalham crime ao Por Trás das Grades.

Uma ação conjunta da Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE), do Grupo Tático Operacional (GTO) da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Mossoró resultou na prisão de Francisca Maria, 38 anos e Francisca Kassandra de Sousa, 20 anos, na manhã desta quarta-feira (14). Mãe e filha são suspeitas de terem matado e depois esquartejado o idoso Augusto Fernandes de Freitas, 71 anos, na noite da última sexta-feira (09) em Apodi. O crime também teria sido cometido por Maykon Kelly da Silva, 30 anos, que teria participado do assassinato. Ele foi preso nesta terça-feira (13).

Mãe e filha foram presas na Praça da Gazeta, centro de Mossoró, quando tentavam ir para a cidade de Pau dos Ferros e levadas para a Delegacia de Polícia Civil de Mossoró. Logo após, as duas mulheres foram recambiadas para a Delegacia de Polícia Civil de Apodi, onde prestaram depoimentos. Francisca Maria confessou à Polícia que vivia com o idoso e que decidiu matar Augusto Fernandes porque o mesmo ameaçava matá-la. Ela também afirmou que a filha Kassandra apenas forneceu ajuda para carregar os pedaços do corpo.

Maykon Kelly afirmou na Polícia que tinha um relacionamento com Francisca Maria e que a mesma teria pedido ajuda para fazer uma mudança de alguns objetos que estavam na casa do idoso, no dia do crime. Ele contou que ajudou a carregar algumas bacias para um terreno e que depois teria ateado fogo.

Confira vídeos com os suspeitos:

video

Maykon Kelly da Silva, de 30 anos, diz que participou do crime 

video
  Francisca Maria confessando o homicídio  do aposentado
  
video
Francisca Kassandra  de Souza, contando qual foi a participação  dela no assassinato de Augusto 

Mãe e filha suspeitas de envolvimento na morte de aposentado em Apodí/RN são presas no Centro de Mossoró


Duas mulheres, mãe e filha suspeitas de envolvimento no assassinato do Aposentado Augusto Fernandes de Freitas, 71 anos, natural de Jucurutu, ocorrido nesta terça feira 13 de dezembro em Apodí no Oeste Potiguar, foram presas na manhã desta quarta feira (14) no centro de Mossoró/RN. 

As duas identificadas apenas como Cassandra e Francisco, estavam sendo procuradas pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte e foram localizadas após uma denuncia anônima para a Central de Operações da Polícia Militar (COPOM) em Mossoró. 

O Grupo Tático Operacional (GTO) e a Guarda Civil do município foram acionados e conseguiram chegar ao local, antes delas desebarcarem em um veículo Alternativo que seguiria viagem para a região do Alto Oeste Potiguar. 

Cassandra, estava com dois filhos menores no momento da abordagem da equipe da Guarda Civil. As duas foram encaminhadas à Divisão de Homicídios e depois serão conduzidas à Delegacia de Policia de Apodí, onde serão interrogadas pelo Dr. Renato Oliveira, delegado daquela cidade. 

O aposentado foi assassinado e teve o corpo esquartejado e quiemado pelos criminosos que agiram de forma brutal. Augusto Fernandes estava desaparecido de Apodí desde a sexta feira passada (09) e seu corpo foi encontrado pela Polícia Civil na manhã de terça feira (13) (VER O CASO) 

Segundo o delegado Renato Oliveira, com a prisão de de um homem identificado como, Maykon Kelly da Silva, de 30 anos, ocorrida nesta terça feira foi possivel elucidar o crime. 

Maykon confessou sua participação no ato criminoso e apontou as duas mulheres como envolvidas na ação criminosa. Mãe e filha deverão ser encaminhadas à Penitenciária Mário Negócio em Mossoró, onde vão ficar a disposição da Justiça. 

Os filhos menores deverão ser encaminhados ao Conselho Tutelar de Apodí, que adotará medidas cabíveis. FIM DA LINHA.




77 motoristas são autuados durante blitz da Operação Lei Seca na Festa de Santa Luzia em Mossoró

A coordenação da Operação Lei Sêca, que objetiva retirar de circulação condutores de veículos sob efeito de alcool, através do Capitão Isaac Paiva, divulgou nesta quarta feira 14 de dezembro o resultado do trabalho de fiscalização realizado durante o final da festa de Santa Luzia, padroeira de Mossoró RN.

A fiscalização foi conduzida em locais estratégicos e resultou na autuação de 77 condutores por desrespeito a Lei Seca, sendo que oito desses foram presos devido a constatação de índice de alcoolemia dentro dos parâmetros que se configura o crime de trânsito.

Durante a fiscalização um condutor furou o bloqueio da blitz fugindo com o veículo em alta velocidade. Os policiais militares realizaram o acompanhamento do motorista e logo em seguida efetuaram a prisão do mesmo.

O condutor transgressor, que não teve seu nome divulgado, foi autuado em sete artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB): Ameaçar pedestres (art. 170); Transpor bloqueio policial (art. 210); Desobedecer à ordem de agente de trânsito (art. 195); Dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança no trânsito (art. 169); Arrancada brusca (art. 175); e por crime de trânsito de dirigir embriagado (art. 306).

O coordenador da Operação Lei Seca, capitão Isaac Paiva, informou que a blitz ainda flagrou outras 44 infrações de trânsito por motivos diversos.

Durante a festividade de Santa Luzia, a ação do Detran teve o objetivo de preservar vidas evitando acidentes, principalmente envolvendo condutores embriagados, que é quando a capacidade de conduzir veículo automotor fica comprometida, facilitando assim a ocorrência dos mais variados sinistros.

Exclusivo - Mulheres suspeita de esquartejamento em Apodi são presas em Mossoró



Policia procura mulheres suspeitas de mata, esquarteja, queimar e ocultar corpo de aposentado em Apodi


Policiais de Apodi estão mobilizados para prender, as duas mulheres suspeitas de ter participado do esquartejamento do corpo do aposentado Augusto Fernandes de Freitas, 71 anos, na noite da última sexta-feira (09) em Apodi.

O delegado Renato Oliveira, já enviou as fotos de Francisca Maria de Souza e Kasandra, para As Delegacias de Policia de varias cidades das regiões do Vale do Assú, Seridó, Médio e Alto Oeste, Alto Sertão Paraibano, Vale do Jaguaribe. Quem tiver maiores informações acerca de Francisca Maria e Kassandra, informar anonimamente através do Disque-Denúncia, 181, ou através do telefone da Delegacia de Policia Civil de Apodi (84) 3333-2737.

A Policia dispõe de informações que Francisca Maria e Kasandra estejam escondidas em Catolé do Rocha, Sertão Paraibano.

Francisca Maria e Kasandra juntamente com Maykon Kelly da Silva, 30 anos, são suspeitos de ter participado do esquartejamento de Augusto Fernandes de Freitas, 71 anos, na noite da última sexta-feira (09).

Após o crime, elas teriam ainda, com a ajuda do suspeito, levado os pedaços do corpo até uma casa abandonada localizada na zona urbana da cidade, e incendiado os mesmos. Maykon, que convivia com uma das mulheres que participaram do homicídio, confessou o crime e revelou que a vítima foi morta por asfixia. “Participei do crime por que amava Kasandra, ela prometeu morar comigo se eu participasse do crime”, confessou o Maykon Kelly, que disse ter participado por amor a Kassandra.

As duas mulheres identificadas como respectivas mãe e filha, Francisca e Kassandra, que seriam prostitutas, estavam na residência do idoso, e teriam decidido subtrair os seus bens, matando a vítima, e esquartejando a mesma ao meio, colocando partes de seu corpo em grandes bacias de propriedade de Maykon.

O aposentado Augusto Fernandes estava desaparecido desde a última sexta-feira, quando a família do mesmo compareceu à delegacia nesta terça-feira para denunciar um provável roubo sofrido pelo idoso, pois todos os móveis de sua residência haviam desaparecido.

As mulheres suspeitas pelo homicídio e Maykon foram vistos em imagens de câmeras de segurança, levando grandes bacias enroladas em redes até a residência onde as partes do corpo da vítima foram encontradas.

O suspeito foi autuado pelos crimes de latrocínio e ocultação de cadáver, sendo preso e encaminhado à carceragem do Centro de Detenção Provisória de Apodi (CDP).

Foragido da justiça é preso pelo GTO após arrastões em procissão religiosa em Mossoró




O Grupo Tático Operacional (GTO) sob o comando do SGT Lima, prendeu na noite desta terça feira 13 de dezembro, o foragido da justiça, Fábio Henrique da Silva "Bobinho", de 20 anos, residente na Rua Major Gutemberg  de Melo no bairro Santo Antônio em Mossoró RN.

Segundo a PM o acusado fazia parte de um grupo criminoso que se infiltrou na procissão de encerramento dos festejos de Santa Luzia, padroeira de Mossoró, para praticar assaltos aos devotos.

Durante o percurso foram registrados vários roubos e em um deles, onde foram efetuados disparos de arma de fogo contra vítimas, o GTO foi acionado e conseguiu prender Fábio Henrique e que segundo a equipe ele conseguiu repassar a arma aos comparsas que conseguiram fugir no meio da multidão.

Os disparos não atingiram ninguém. O infrator foi encaminhado à Delegacia de Plantão, onde foi constatado pela equipe da Polícia Civil que ele era foragido da justiça e tem mandado de prisão em aberto, expedido pelo Juiz Vagnos Kelly da 2ª vara criminal de Mossoró, por furto qualificado.

De acordo com a Polícia Civil, Fábio Henrique responde também a um processo por homicídio simple, contra uma mulher, mas que no momento, de acordo com o Tribunal de Justiça do RN, este processo encontra-se suspenso.

Na Delegacia de Plantão Fábio Herique da Silva foi autuado, pelo delegado Edandro dos Santos, por roubo (artigo 157) e depois de passar pelo ITEP para exame de corpo de delito foi encaminhado à Cadeia Pública onde aguardará decisão judicial. As vítimas do roubo compareceram a DP de Plantão e reconheceram o acusado. FIM DA LINHA.

Operação da PF apura irregularidades na aplicação de recursos do FUNDEB no RN

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje, 14/12, em Natal, a Operação Fonte Externa, que tem por objetivo apurar denúncias de irregularidades na contratação de serviços terceirizados envolvendo uma Secretaria de Estado do Rio Grande do Norte que teria se utilizado de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB, do Ministério da Educação.

As irregularidades referem-se ao valor do contrato no qual teria havido sobrepreço, bem como, a dispensa indevida de licitação.

23 policiais federais estão cumprindo cinco mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal nas sedes de empresas e nos endereços residenciais dos empresários envolvidos na contratação supostamente irregular.


O nome da operação é uma alusão ao termo da língua inglesa “outsourcing”, comumente utilizado para se referir à terceirização de serviços.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Assembleia Legislativa aprova projeto que garante aos policiais isenção de ICMS na compra de armas

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou, nesta terça-feira (13), o Projeto de Lei que dá aos policiais civis direito à isenção de ICMS na compra de armas. O PL 024/2016 foi assinado em conjunto pelos deputados Nélter Queiroz e Kelps Lima.
 
Nélter havia apresentado um projeto inicialmente e, posteriormente, o deputado Kelps apresentou um similar. Então, após conversa com o SINPOL-RN e com o Sindasp-RN, os dois parlamentares decidiram transformar em um projeto só para que houvesse maior celeridade.
 
Além dos policiais civis, o projeto isenta o ICMS na aquisição de armas pra policial militar, agente penitenciário e guarda municipal.
 
“Queremos agradecer, em nome de toda a categoria policial civil, aos dois deputados pela iniciativa do projeto que vem a beneficiar os policiais, mas, principalmente, ao povo do Rio Grande do Norte, haja vista que quanto mais facilidade os operadores da segurança tiverem para ter acesso a equipamentos melhor”, comenta Paulo César de Macedo, presidente do SINPOL-RN.
 
Com aprovação na Assembleia Legislativa, o projeto agora segue pra ser sancionado pelo Governo do Estado. O governador Robinson Faria tem 15 dias para sancionar e então o projeto virar lei.

Polícia prende estrangeiro que usava documento falso em Pendências


Uma ação da Delegacia de Polícia Civil de Pendências/Alto do Rodrigues, em conjunto com a Polícia Militar de Pendências, resultou na prisão em flagrante do estrangeiro Abdulnasser Daychoum, 37 anos, pelo crime de uso de documento falso, nesta segunda-feira (12).

A prisão de Abdulnasser aconteceu após ele ter ido ao Posto de Atendimento do Bradesco no município de Alto do Rodrigues e ter apresentado uma Cédula de Identidade de Estrangeiro em nome de Abdul Mubarak, nacional da Jordânia. Populares e funcionários do Posto desconfiaram das atitudes do homem, que apresentava inquietação e nervosismo e avisaram à Polícia.

 Ele foi conduzido até a DP de Pendências para averiguação da autenticidade documental, onde se constatou que o documento apresentado pelo estrangeiro era falso. Após realização de diligências, constatou-se que aquele homem se tratava de Abdulnasser Daychoum, nacional do Líbano, naturalizado venezuelano. Além da Identidade falsa, ele também portava a Cédula de Identidade de Estrangeiro verdadeira, em situação regular no Brasil.

Polícia Civil de Apodi prende homem suspeito de participar de esquartejamento contra idoso


Uma ação conjunta entre policiais civis de Apodi e o Grupo Tático Operacional (GTO) prendeu, na tarde desta terça-feira (13) na cidade, Maykon Kelly da Silva, 30 anos, suspeito de ter participado do esquartejamento de Augusto Fernandes de Freitas, 71 anos, na noite da última sexta-feira (09) em Apodi.

Segundo investigações, duas mulheres identificadas como respectivas mãe e filha, Francisca e Kassandra, que seriam prostitutas, estavam na residência do idoso, e teriam decidido subtrair os seus bens, matando a vítima, e esquartejando a mesma ao meio, colocando partes de seu corpo em grandes bacias de propriedade de Maykon.

Após o crime, elas teriam ainda, com a ajuda do sluspeito, levado os pedaços do corpo até uma casa abandonada localizada na zona urbana da cidade, e incendiado os mesmos. Maykon, que convivia com uma das mulheres que participaram do homicídio, confessou o crime e revelou que a vítima foi morta por asfixia. Augusto Fernandes estava desaparecido desde a última sexta-feira, quando a família do mesmo compareceu à delegacia nesta terça-feira para denunciar um provável roubo sofrido pelo idoso, pois todos os móveis de sua residência haviam desaparecido.

As mulheres suspeitas pelo homicídio e Maykon foram vistos em imagens de câmeras de segurança, levando grandes bacias enroladas em redes até a residência onde as partes do corpo da vítima foram encontradas. 

O suspeito foi autuado pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver, sendo preso e encaminhado ao sistema prisional. A Polícia Civil solicita que quem tiver maiores informações acerca de Francisca e Kassandra, informar anonimamente através do Disque-Denúncia, 181, ou através do telefone 3333-2737.

Polícia Civil de Macaíba prende suspeita de ter encomendado a morte do marido por R$ 5 mil

 Uma investigação da Delegacia de Polícia Civil de Macaíba resultou, na manhã desta terça-feira (13) na prisão de Amanda Karoline da Silva, 24 anos Romário Abreu Guedes, 18 anos. Ela teria encomendado a morte de seu marido Rômulo Barbosa da Silva Cunha e contratou Romário Abreu para cometer o homicídio, que foi efetivado no dia 18 de agosto deste ano. Os doisforam presos em cumprimento a mandados de prisão.

“Amanda Karoline confessou na Delegacia que decidiu matar o marido, porque o mesmo fazia várias ameças e que o relacionamento do casal era bastante complicado. Amanda relatou que pagou o valor de R$ 5 mil para que Romário Abreu matasse o seu marido. No dia do crime, Romário teria sido acompanhado por Francinilson Pereira, 21 anos. Já ouvimos Francinilson e estamos apurando se houve a efetiva participação dele no crime”, detalhou o delegado titular da DP de Macaíba, Marcos Geriz. No momento da prisão, Romário Abreu estava com um revólver calibre 38 e munições. Ele responderápela prática do crime de posse ilegal de arma de fogo.